Tratamento da Candidíase

A interação entre a candidíase e o seu sistema imunológico é uma parte importante no seu plano de tratamento da candidíase. Um sistema imunológico forte é a sua primeira linha de defesa contra o crescimento excessivo do Candida Albicans, mas também é um dos primeiros sistemas que a candidíase ataca no seu corpo. Por isso é importante não só reparar os danos ao seu sistema imunológico que a candidíase causou, mas também é necessário tornar o sistema imunológico mais forte para manter a candidíase afastada.

Um sistema imunológico fraco é frequentemente associado a doenças como a fadiga adrenal e síndrome do intestino solto e é uma das principais causas da candidíase. Além de tomar probióticos e antifúngicos, há uma série de maneiras de ajudar o seu corpo a lidar com essas doenças e reconstruir o sistema imunológico. Se você tomar os suplementos corretos, fizer algumas mudanças na sua rotina diária e adotar um estilo de vida saudável, seu corpo vai ser capaz de eliminar a candidíase.

Como a Candidíase Afeta o Sistema Imunológico

O sistema imunológico não é apenas um órgão como o fígado ou coração; é uma coleção de diferentes órgãos e sistemas que trabalham em conjunto para matar agentes patogênicos e proteger o seu corpo. Quase todas as parte do corpo contribuem com algo para o sistema imunológico, por isso, se uma peça começa a funcionar mal, a saúde geral está em risco.

A candidíase afeta o sistema imunológico de algumas formas diferentes: desequilibra a flora do seu intestino, provoca a síndrome do intestino solto e é responsável pela fadiga adrenal. Aqui está uma breve explicação sobre cada um.

O desequilíbrio da flora intestinal acontece quando a levedura do Candida Albicans começa a reproduzir-se no seu trato digestivo. É um fato pouco conhecido, mas os seus intestinos são uma parte crucial do sistema imunológico –estudos têm mostrado que um equilíbrio saudável das bactérias ajuda a combater doenças e infecções. Então, quando as ‘boas’ bactérias são superadas em número pelas células nocivas e de rápido crescimento do Candida Albicans, isto afeta diretamente o sistema imunológico. Esta é uma razão pela qual os probióticos são uma parte importante no tratamento da candidíase.

A síndrome do intestino solto é o enfraquecimento e a inflamação da parede intestinal, que é muitas vezes causada pelo crescimento excessivo de Candida. As células de levedura do Candida se juntam à sua membrana intestinal, penetrando em sua corrente sanguínea, provocando inflamação e uma forte resposta imunológica. Estas respostas alérgicas sobrecarregam as glândulas suprarrenais e o sistema imunológico, que são partes de seu corpo que você precisa para combater a candidíase.

A fadiga adrenal ocorre quando as glândulas adrenais são colocadas sob estresse por longos períodos de tempo, levando à sua exaustão. As glândulas adrenais são sensíveis e pode bastar o uso prolongado de cafeína e a falta de sono para enfraquecer as suas glândulas suprarrenais. A candidíase faz exatamente o mesmo. Estas glândulas são responsáveis pela manutenção dos níveis hormonais no organismo, que regulam coisas como o seu metabolismo e seu sistema cardiovascular. Quando as suas glândulas suprarrenais estão cansadas e sobrecarregadas, isso enfraquece seu sistema imunológico e dá aquela sensação de cansaço e fadiga constante.

Como Fortalecer o Sistema Imunológico

Se você tem alguns sintomas da candidíase aqui estão algumas dicas para melhorar a sua saúde e vencer a doença.

Próbioticos

Um curso de probióticos ajuda a diminuir a quantidade de Candida Albicans em seu estômago, além de liberarem de pequenas quantidades de ácido lático e acético, que mantêm a acidez do estômago. Mas essa não é a única maneira em que eles podem ajudar você a bater o crescimento excessivo de Candida. Eles também reforçam o seu sistema imunológico sistema imunológico debilitado.

Um estudo de 2009 da Universidade da Pensilvânia http://www.sciencedaily.com/releases/2010/01/100127095945.htm descobriu que um equilíbrio saudável das bactérias no seu intestino melhora o seu sistema imunológico. Eles mostraram que níveis normais de bactérias aumentam a eficácia do sistema imunológico e ajudam seu corpo a combater agentes patogênicos.

Vitaminas

A vitamina C ajuda a tratar a candidíase de três maneiras. Primeiro, ele fornece suporte às glândulas suprarrenais, dois pequenos órgãos que são cruciais para o seu metabolismo e regulação do açúcar no sangue (assim como a produção de anti-inflamatórios e anti-histamínicos). Em segundo lugar, a vitamina C estimula o sistema imunológico e dá ao seu corpo a melhor chance possível para combater a candidíase. Por fim, ela ajuda a aumentar a quantidade de ácido do estômago, o que retarda o desenvolvimento da candidíase.

Outras vitaminas que você pode experimentar são as vitaminas A e E, bem como ácido pantotênico (vitamina B5).

A vitamina A ajuda o seu corpo a derrotar a infecção influenciando as células em certas superfícies mucosas. Os estudos sobre a vitamina E têm mostrado eficácia no aumento da resposta imune após a vacinação.

Plantas Medicinais e Fitoterápicos

Você pode tentar alguns remédios à base de plantas para reduzir o estresse em seu sistema imunológico – a ashwagandha e a raiz de alcaçuz são bons exemplos. A ashwagandha é uma erva notável que tem a capacidade de aliviar o estresse e é quase tão potente como alguns medicamentos. Lembre-se de falar com o seu médico antes de iniciar um programa de tratamento à base de plantas.

A unha de gato também é um bom complemento para o seu sistema imunológico –  contém alcaloides que fortalecem os glóbulos brancos do sangue, permitindo-lhes atacar agentes patogênicos, tais como a levedura do Candida, bem como outros fungos, vírus e bactérias. O echinacea também é um bom extrato para estimular a produção de glóbulos brancos do sangue e aumentar a sua resistência. O cogumelo Reishi é também um bom reforço para o sistema imune.

Evitar a Cafeína

A cafeína é uma das maiores causas da fadiga adrenal e subsequentemente causa a fraqueza do sistema imunológico. Não é fácil parar de beber café, por isso comece a diminuir a ingestão até deixar de beber.

Comece por cortar o seu café da tarde e reduzir gradualmente a concentração do café que bebe de manhã também. Você pode tentar chicória como uma alternativa – o gosto é similar, contém prebióticos para promover o reequilíbrio da flora intestinal e também estimula a produção de enzimas digestivas saudáveis.

Exercício Físico Leve

O exercício físico melhora a circulação e apoia o fortalecimento do sistema imunológico. Apesar disso não deve exagerar porque um treino intenso vai colocar o seu corpo sob estresse e enfraquece suas glândulas suprarrenais ainda mais.

Para saber mais sobre o efeito do exercício físico na candidíase veja o artigo sobre esse assunto.

Sauna

A sauna é uma boa forma de eliminar mais toxinas do corpo tirar algum esforço do seu sistema imunológico. A sauna tem vários impactos na eliminação de toxinas.

A sua pele é o maior órgão do seu corpo, e é responsável por até 15% de toda a eliminação de toxinas.

Uma sessão de sauna eficaz abre os poros e permite uma quantidade maior de libertação de toxinas.

Além disso, a sauna melhora a circulação e ajuda o fígado a eliminar toxinas e agentes patogênicos do seu sangue.

Reduzir o Estresse

O estresse físico e emocional é um grande contribuinte para falha do sistema imunológico, por isso você precisa encontrar uma maneira de diminuir o estresse da sua vida. Tome uma ou duas semanas fora do trabalho para fazer umas férias relaxantes. Não basta pensar no curto prazo… Se você pode reduzir seus níveis de estresse em longo prazo que ainda melhor.

Sono de Qualidade

Uma das coisas mais importantes que você pode fazer para suas glândulas suprarrenais é tomar um bom descanso. Se você não pode sair de férias, pelo menos, tenha certeza que você vai dormir razoavelmente cedo. Ficar acordado até tarde é bastante estressante para o corpo, por isso faça um favor às suas glândulas adrenais e obtenha 8 horas de sono.

Comentários

  1. Isabel diz

    Quero entender melhor esse problema que me atormenta há tantos anos.

    • Rosa diz

      Veja se o problema não é com seu parceiro, o vírus pode ficar presente no prepúcio do pênis, daí você trata, mas se ele não tratar, quando entrarem em contato, estará novamente infectada…

  2. Luciene Lisboa diz

    Muito boa a explicação.

  3. Ana Queiroga diz

    Muito bom, adorei as explicações e alertas. Obrigado.

  4. Henrique diz

    Excelente, estou com este problema a meses e ninguem conseguia diagnosticar corretamente. Um farmaceutico “acertou na mosca”, mas conflitava com médico. Por conta propria parei açucar, mas continuava com café e cerveja, entre outras coisas… Agora ficou claro o que fazer e sei como instruir meu médico para me ajudar ;-)

  5. Andreza diz

    Amei tava com muitas dúvidas e acabei com todas.

  6. Caroline diz

    Eu adorei!! Muito bom as explicações…

  7. Valdemir Borges diz

    Muito bom pois ajuda esclarecer dúvidas que incomodam muito os leitores.

  8. Hayla Caroline diz

    Gostaria de saber como fazer para que parem essas coceiras e dores, sem ir ao médico?

  9. Eduvirges da Rosa Buettner diz

    Gostaria do saber o que tomar para acabar com estas coceiras insuportáveis e que pomada posso usar.

  10. Célia diz

    Eu tou asustada. Tenho 34 anos nunca tinha tido esse problema à um mês. Tou passando por isso e tá me encomodando demais. Foi ótima a sua explicação. Adorei.

  11. Meire diz

    Gostei de tudo mas queria saber se há alguma chance de isso não retornar mais… é muito incomodo. Obrigada.

  12. Maria Clara diz

    Muito bom! Esse problema me atormenta a tempos, fui contaminada.

  13. Fernando diz

    Foi-me diagnosticada a candidiase oral há 5 dias e comecei logo a tomar niastinina – suspensão oral. Também me foi receitado vitaminas B1, B6 e B12 e o Omeprazol. As análises ao sangue estavam normais. No entanto continuo com os mesmos sintomas: ardência da lingua e garganta. Também tenho muitos gases. Será normal que a nistanina demore tanto tempo a fazer efeito? Poderei ter outro problema? Que posso fazer para melhorar?

  14. Graciela diz

    Esta doença (candidíase vaginal) tem me afetado há mais de 7 anos e já tentei diversos tratamentos. Atualmente, me trato com vacina e probióticos. Já me foi receitado, por diversas vezes o fluconazol, porém comecei a ter reações a ele, como problemas gástricos. Ainda não encontrei a cura para esse mal. Esse site me esclareceu alguns fatos.

  15. Paulo diz

    Parabéns pelo artigo. Muito instrutivo e completo.

  16. Sarah diz

    Tenho todos os sintomas o que faço?

  17. Natali Thomazelli de Medeiros diz

    Por favor preciso de ajuda urgente. Meu marido faz tratamento no hospital das clinicas. Ele contraiu uma candidíase quando fazia quimioterapia e usou a sonda para se alimentar. Isso já faz mais ou menos uns sete anos. Desde de então estão tentando de tudo para curar essa cândida. Dizem que são várias. Ele já tomou vários medicamentos. Agora está tomando na veia e não esta resolvendo. Está quase parando de se alimentar. Por favor, se alguém puder me ajude.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>